As Stories do Google

Sendo a GOOGLE a gigante tecnológica à qual tantos utilizadores recorrem diariamente para as mais variadas interações, é normal a necessidade de criar novas experiências, seguindo sempre as tendências de consumo.

Qual a sua mais recente novidade?

AMP stories.

Desde 2015 que a GOOGLE trabalha o AMP– Accelerate Mobile Pages project e no mês passado anunciou as stories.

De acordo com a gigante tecnológica, as stories têm como objetivo envolver os consumidores e os emergir numa experiência rápida, mas profunda, no que se refere ao consumo de notícias, assim como, de permitir às marcas uma nova forma de storytelling e de se conectar com os leitores.

As vantagens para as marcas são muitas, tais como melhorar a forma como criam conteúdo para mobile, sendo ainda mais otimizado, intuitivo e acima de tudo, informativo.

Já para os utilizadores, é também mais fácil ficar a par das noticias mais recentes de um modo muito mais interativo, sem necessitar de estar à procura ou ler grandes textos para compreender o que se passa.

Este projeto teve parceria com oito empresas: CNN, Conde Nast, Hearst, Mashable, Meredith, Mic, Vox Media e The Washington Post. 

Nós experimentamos e é sem dúvida mais visual e menos maçador que uma notícia normal (tanto acedida por web mobile como por app). Contudo, as notícias ainda não estão totalmente atualizadas, sendo que, por exemplo, a última noticia da Mashable é de há duas semanas atrás e a da CNN dois dias.

Seguimos então a storie da CNN.

 

 

 

 

Quando clicamos na storie, esta abre e visualizamos algo muito semelhante ao que o Instagram tem atualmente.

 

 

 

 

Contudo, esta ferramenta ainda não é tão intuitiva como as stories do Instagram e Snapchat, não permitindo andar de uma storie para a outra sem antes carregar no botão de sair da página para depois selecionar a que vêm a seguir, ou, rever a anterior, sendo que nos aparece uma mensagem com os movimentos permitidos.

O impacto que esta ferramenta terá na forma como produzimos e consumimos conteúdo afetará muitas marcas, exigindo novas formas de se reinventarem, para não ficarem atrás da concorrência. Como falamos anteriormente, o Marketing de Conteúdos (Ver Artigo) é cada vez mais relevante, sendo necessário especial atenção para acompanhar todas as tendências de consumo que vão surgindo.

Para já, esta funcionalidade ainda só está disponível através de link direto e apenas para mobile:

g.co/ampstories/mashable

g.co/ampstories/cnn

Se ficou curioso, acompanhe mais novidades aqui:

https://www.ampproject.org/stories/